Prefeitura do Recife participa de ação pelo Dia Mundial do Manguezal


Iniciativa promovida pelo Instituto JCPM e RioMar Recife aconteceu nesta quarta-feira (26), às 9h, na área externa do shopping

 

Um dia para celebrar o mangue. Hoje (26), a Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente e da Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb), marcou presença na quarta edição do “Jogando limpo com o mangue”, em comemoração ao Dia Mundial do Manguezal. A iniciativa é promovida pela Instituto JCPM e RioMar Recife em parceria com o Departamento de Oceanografia da UFPE e da Colônia de Pescadores Z1. O evento aconteceu das 9h às 12h, na área externa do shopping. 

 

A programação contou com atividades de educação ambiental, que têm o objetivo de sensibilizar a população sobre a importância de preservação do ecossistema e destacar as consequências do descarte irregular de lixo. A Companhia de Teatro Rosa dos Ventos, da Emlurb, apresentou a esquete "A cidade em nossas mãos". Durante as apresentações, ao som de muita música, os atores deram dicas sobre separação correta do lixo, reciclagem e cuidados com o meio ambiente.

 

Dentre as atividades, também foi realizada uma coleta solidária pelos alunos do Instituto. Em um trecho de aproximadamente 150 metros de mangue, os estudantes removeram os materiais indevidamente depositados no local. Para auxiliar a operação, a Emlurb forneceu 120 sacos com capacidade para 200 litros cada, além do Ecobarco para a remoção dos resíduos flutuantes e do lixômetro, equipamento com caráter educativo que mede a quantidade de lixo gerada em uma determinada área. A capacidade do lixômetro é de três mil litros e permite a visualização do material coletado.

 

A equipe de Educação Ambiental da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável fez, ainda, uma dinâmica no local, com poesia e música. A temática foia importância da coleta seletiva para a conservação do manguezal. 

A intervenção começou com a poeta Silvana Menezes. Em seguida, os artistas-educadores da secretaria apresentaram os personagens da Turma Mangue e Tal, criada em 2013 para o Programa Educar para uma Cidade Sustentável, que envolve cerca de 3 mil alunos de 72 escolas municipais. 

O local do evento recebeu ainda uma exposição sobre o sistema de coleta seletiva. Cinco banners abordaram desde a produção dos resíduos sólidos à sua destinação final, passando pelos 67 Ecopontos (para a entrega voluntária de embalagens vazias de vidro, papel, plástico e metais), as 8 Ecoestações, que recebem resíduos da construção civil, e a participação das cooperativas de catadores em todo esse processo.

 

Mutirões – Periodicamente, a Emlurb realiza a limpeza nos manguezais que margeiam o Rio Capibaribe. As intervenções acontecem em locais como o Cais da Aurora, Cais da Alfândega, Cais José Estelita, Avenida Arthur Lima Cavalcanti, entre outros. Somente este ano, os mutirões retiraram 137 toneladas de resíduos. A maioria do lixo removido é de garrafas plásticas, mas, em algumas ocasiões, também são encontrados colchões, móveis, sapatos e peças de aparelhos eletrônicos (como TV e computador).

 

Dia do Mangue - A Organização das Nações Unidas estabeleceu, em 6 de novembro de 2015, 26 de julho como o Dia Internacional para a Conservação do Manguezal. Nesta data é lembrada a morte, em 1998, do ativista do Greenpeace Hayhow Daniel Nanoto, durante um protesto em Muisne, no Equador. Em 2000, o país  passou a celebrar  na mesma data, o Dia de defesa do Mangue. O mundo comemorou pela primeira vez essa efeméride ambiental em 2016.

 

Os manguezais, segundo a ONU, abrangem 15,2 milhões de hectares, o equivalente a 0,4% da superfície florestal do planeta. No Recife, se estendem por 535 hectares. 

Entre os benefícios ambientais do manguezal estão a proteção da costa contra enchentes e a manutenção da vida marinha, uma vez que peixes e outros organismos dependem desse ecossistema para completar seu ciclo de vida. Além disso, as raízes do mangue retém carbono, contribuindo para mitigar os efeitos das mudanças climáticas.

 

Desenvolvido pela